sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O Sol gira em torno da Terra ou Terra em torno do Sol - Veja novas descobertas


Antes da Idade Média todos acreditavam que a Terra era o centro do universo e o sol girava em torno da terra, até que alguns pensadores como o astrônomo polonês Nicolau Copérnico apresentou um modelo matemático e completo de um sistema heliocêntrico, ou seja a terra é que girava em torno do sol.

Galileu Galilei também defendeu o heliocentrismo, com o Sol no centro do sistema solar e alegou que eles não eram contrários a passagens na Escritura. 

Na bíblia em Crônicas 16:30 declara que "o mundo também deve ser estável, não se move". O Salmo 104:5 diz o Senhor Quem lançou as bases da terra, que não devem ser removidos para sempre. Eclesiastes 1:5 declara que "o Sol nasce, e se põe, e volta para o lugar onde estava. 

Com base nas afirmações da bíblia, o modelo mas aceito é que a terra é o centro, pois foi criada primeiro e depois os astros como descrito em Gênesis. 

Veja:

E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. 
E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. 
E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. 
E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, 
E para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom. 
E foi a tarde e a manhã, o dia quarto. Gênesis 1:14-19 

Hoje, tempos modernos e com a tecnologia, pesquisadores estão a descobrir novas verdades que podem dar maior razão a afirmação bíblica. 

Inúmeros astrônomos tem afirmado a verdade bíblica que a terra é o centro e o sol que gira em torno da terra, isto sobretudo depois da divulgação de dados do Projeto Plank da ESA – Agência Espacial Europeia: a Terra está fixa num ponto do universo e o Sol gira em torno dela. 

Em termos de cência moderna, desde 1978 havia fortes comprovações de que fosse verdade, desde a publicação do trabalho de Arno Allan Penzias e Robert Wilson – que naquele ano receberam o premio nobel de física por seu trabalho – a descoberta da radiação cósmica presente em todo universo. 

A existência desta radiação já fora prevista em 1948 por grandes físicos como George Gamov, Ralph Alpher e Robert Herman, e ao confirmá-la, Penzias e Wilson acabaram por descobrir aquilo que pode chamar de “fóssil da criação”, ou seja, a Radiação Cósmica de Fundo em Micro Ondas (CMB – Cosmic Microwave Background Radiation), que vem a ser o mais antigo remanescente vestígio da energia presente no instante da criação do universo, independente da forma como ele tenha sido criado. 

Quando observado por telescópios óticos, o espaço vazio entre as estrelas e galáxias (background) é completamente negro. No entanto, quando examinado por rádio telescópio mostra neste vazio um brilho remanescente, idêntico em todas as direções observadas, e não associado a nenhuma estrela ou galáxia específica. Estas ondas seriam responsáveis por um calor de cerca 2 graus célsius remanescentes do instante da criação. Em tese, o universo que tem hoje uma temperatura hipotética de 272 ºC negativos, 1 grau acima do zero absoluto, tende a chegar ao zero absoluto, 2.7 Kelvin = -270.45 célsius. 

Penzias e Wilson se tornaram imediatamente estrelas da física, sobretudo porque apareceram em cena 15 anos depois do físico inglês Stephen Hawking teorizar o Big Bang. 

Quando Hawking explicou o Big Bang, seus críticos questionavam onde estariam os fósseis da grande explosão, o que veio a ser explicado pelas observações de Penzias e Wilson. 

As explicações sobre o Big Bang é descrita por Fiat Lux – Faça-se a Luz – de Gênesis 1. Mesmo a teoria de Hawking sobre o Big Bang arrasta consigo uma conclusão maravilhosa, pois, se houve uma explosão inicial, presume-se que houvesse uma quantidade brutal de matéria original para explodir, mas segundo as fórmulas de Hawking, matematicamente comprovadas, não havia nenhuma matéria no instante inicial. Veja isto: matematicamente falando, Hawking, que é ateu, demonstrou a possibilidade de o universo vir a existir a partir de nada, nem um grão de poeira, de maneira que seria necessário, com ou sem Big Bang, Deus como agente da criação. 

Voltando à questão da radiação do universo, quais conclusões se pode tirar a partir dos dados coletados até 2005 pela sonda Planck da Agência Espacial Europeia? 

- Que toda radiação do universo converge para a Terra. E não somente o Projeto Planck constatou isto, como também seus antecessores, os projetos COBE e WMAP. Tudo no universo converge para nós, quer seja pela análise da radiação, quer sejam as emissões teorizadas dos quasares, buracos negros, ou quer sejam tomados por referência os “Mega Muros” (Megawalls), tudo no universo sincroniza com a nossa Terra. A cosmologia mostra a existência de ao menos 13 enormes muros de galáxias, 13 enormes ajuntamentos de milhões de galáxias, que quando mapeadas parecem muros (Mega Walls) no universo observável. Alinhados com quem? Com a Terra.

Tudo no universo é alinhado com a Terra. Foi assim que Deus o criou e tudo o que faz a ciência é exaustivamente confirmar isto. Somos, afinal, importantes. 

O modelo mais apropriado de funcionamento do universo volta a ser o de Tycho Brahe, para quem a Terra é o centro, em torno do qual circula o Sol. Em torno do Sol orbitam os demais planetas do sistema, bem como o resto do universo, tudo arrastado pela Terra. E pouco importa o que acha a maioria, pois foi assim que Deus fez as coisas funcionarem. 

Para quem observa as constatações da ciência, todas estas evidências não só tornam obsoletas nossas crenças científicas atuais, como provam que nosso conhecimento prático da ciência é medieval. Tudo terá que ser reescrito, e tomará muito tempo para que isto aconteça, pois mesmo à luz de tantas evidências, a própria ciência continuará negando o que já constatou. Esta é uma boa razão para você não ensinar estas coisas para seus filhos, porque se aprenderem certo, serão reprovados na escola.. Einstein disse que duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que diz respeito ao universo, ainda não tinha ainda certeza absoluta se é mesmo infinito. 

E se tudo tem que ser reescrito na cosmologia, seria por acaso diferente com relação às outras ciências? 

Ciência, poderia ser explicada como a matemática de Deus. Deus é o criador da ciência, não a humana, mas a verdadeira, e estes poucos de nós a quem é dada a compreensão de uma parte insignificante destes segredos, apropriam-se deles como se fossem seus criadores. Mas a ciência pertence a Deus. 

Mas ao mesmo tempo que não se vê Deus, a ciência está presente em nossas vidas de muitas formas tangíveis: O telefone celular é ciência, assim como o computador, a TV, os meios de transportes, medicamentos, tecidos, satélites de comunicação, tudo que nos cerca, para além das promessas de viagens fora da órbita da Terra, veículos movidos a energia solar, robôs que fazem qualquer tipo de trabalho, navegação autônoma, casas inteligentes, vidas que podem durar mais de 300 anos, etc. 

No campo espiritual, o efeito colateral de tantas maravilhas se manifesta na descrença generalizada no Deus descrito na Bíblia, uma vez que a Ele se opõem de muitas maneiras os homens da ciência. 

O Livro de Gênesis não é por acaso o primeiro livro da Bíblia. É suposto que quem pega uma Bíblia para ler pela primeira vez abra na primeira página. Ali está escrito que Deus criou antes de qualquer coisa os céus e a Terra. Criou depois o Sol, a Lua, e as estrelas, nesta ordem. Não cabe, portanto, nesta descrição, nenhum Big Bang. Os atos seguintes à criação são igualmente desconfortáveis de serem explicados à luz da ciência. O dilúvio, a travessia do Mar Vermelho, a ordem de Josué para que o Sol parasse, Jesus andando sobre as águas, sua ressurreição, a sombra de Pedro curando doentes, tudo isto não se explica, se crê. 

Mil vezes ter o apreço de Deus e ser motivo de riso, que se submeter à ridícula pretensiosidade dos homens. 

Daniel bem podia ter evitado no texto citado acima mencionar a multiplicação do conhecimento. Moisés também podia ter evitado falar da criação, como também poderia ter atravessado o Mar Vermelho de canoa. Cada coisa complicada da Bíblia poderia ter sido explicada de uma forma mais adequada a minimizar a descrença humana. Mas não foi esta a decisão de Deus. 

Com informações de Cronologia da Biblia - Leia o texto original neste link.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Marcadores

1 milhão na conta Ações Ações ON Ações PN Adsense África Agrotóxico Alergia Alienígenas Alimentação Alimentos Amoníaco Antigo Testamento Anvisa Aposentadoria Arrebatamento Auxílio a Lista Batata Benzeno Bíblia BMPO Brasil Canabidiol Capitalismo Carmim de cochonilla Carne Carros CDB CDI Cemig Certidões Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Construção Conta de Água Conta de Luz CPMF Crise Econômica Cristão Debênture Depressão Deputados Dinheiro Dinheiro recebidos do Exterior Dinossauro Dívidas Dízimo Documentos roubados Economia Egito ENEM Esgoto Evangelhos Gnósticos Febre Amarela FGTS FMI Formaleído. Ar Fosfoetanolamina Fundo de Índice (ETF) Fundo de Investimento Imobiliário Fundo Partidário Futebol Futurismo Game of Thrones Garantia Gorduras Horário de Verão ICMS Imóveis Impeachment Imposto Imposto de Renda 2015 Inflação Inovação Inseto Intercambialidade Intoxicação alimentar Investimento IRPF Jesus Judeus Judeus Sefarditas LCA LCI Lei Leite Livro de Reto Lua Marte Medicamento de Referência Medicamentos Controlados Medicamentos Similares Messias Multas de Trânsitos Nasa Natureza Nefilins Novo Testamento ONU Ouro PASEP PIB Pirâmides PIS PIS 2014 PIS 2015 Pokémon Go Política Poluição Poupança Produtos controlados Programa Farmácia Popular do Brasil Queijo Refrigerante Registro de Imóvel Religião RMNRA RMNRB2 Sábado Salário mínimo Saúde Sedentarismo Seguro-Desemprego 2015 Serviços Gratuitos SNGPC Sol Tecnologia Teorias Terra Terra Plana Tesouro Direto (Títulos Públicos Federais) TPM Trabalho Transtorno Bipolar Tricloroetileno Tubarão Branco Usiminas Veículos Xileno