terça-feira, 27 de setembro de 2016

Dicas para Evitar o Descredenciamento da Drogaria do Programa Farmácia Popular


O Programa Farmácia Popular do Brasil foi criado pelo governo federal para ampliar o acesso aos medicamentos para as doenças mais comuns entre os cidadãos, sendo as principais hipertensão, diabetes e asma. As drogarias cadastram no programa e fornecem os medicamentos para os usuários e o valor é repassado pelo Ministério da Saúde para o estabelecimento.

O Estabelecimento deve tomar cuidado para evitar o descredenciamento do Programa Farmácia Popular, cometer faltas graves durante as vendas pode tornar a drogaria suspensa.

Os requisitos e exigências para manutenção no Programa deve ser praticado de acordo com as regras e o não cumprimento leva ao descredenciamento, a qual impede a manutenção do estabelecimento no Programa Farmácia Popular após a auditoria.

Para evitar o descredenciamento, algumas precauções são necessárias.

Veja as principais as penalidades máximas que levam ao descredenciamento:

1) Registro de vendas para pessoas que nunca adquiriram medicamentos no estabelecimento auditado;

2) Assinaturas nos cupons vinculados não reconhecidas pelos usuários dos medicamentos;

3) Prescrições médicas não reconhecidas como autênticas pelo profissional médico;

4) Apresentação de notas fiscais com códigos de barras divergentes dos medicamentos dispensados;

5) Registros de dispensação de medicamentos em nome de terceiros, funcionários e/ou responsáveis legais do estabelecimento auditado, sem a devida comprovação de regularidade, dentre outras;

6) Dispensação de medicamentos para pessoas que já foram a óbito, caracterizando uso indevido de CPF em nome de pessoas falecidas;

7) Dispensação de medicamentos para pessoas que não possuem a patologia;

8) Registro de vendas para pessoas que nunca adquiriram medicamentos no estabelecimento auditado, comprovando-se assim uso indevido de CPF de terceiros como meio de viabilizar as vendas fictícias;

9) Coleta de assinaturas nos cupons vinculados de pessoas diferentes das registradas nos referidos cupons, assinaturas essas não reconhecidas pelos usuários dos medicamentos;

10) Prescrições médicas não reconhecidas como autênticas pelo profissional médico;

11) Não localização do responsável legal, que mesmo depois de publicada diversas notificações, não apresentam nenhuma justificativas/esclarecimentos das não conformidades apresentadas pela equipe de auditores;

12) Apresentação de notas fiscais com códigos de barras divergentes dos medicamentos dispensados no Programa Farmácia Popular, deixando de comprovar a veracidade e legalidade de cada operação por ele mesmo declarada no sistema;

13) Registros de dispensação de medicamentos em nome de ex-funcionários, funcionários e/ou responsáveis legais do estabelecimento auditado, sem a devida comprovação de regularidade.

Leia aqui:Em qual Banco é melhor para Investir em LCI?


Com informação de : Nassauqueiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Marcadores

1 milhão na conta Ações Ações ON Ações PN Adsense África Agrotóxico Alergia Alienígenas Alimentação Alimentos Amoníaco Antigo Testamento Anvisa Aposentadoria Arrebatamento Auxílio a Lista Batata Benzeno Bíblia Bitcoins BMPO Brasil Canabidiol Capitalismo Carmim de cochonilla Carne Carros CDB CDI Cemig Certidões Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Construção Conta de Água Conta de Luz CPMF Crise Econômica Cristão Debênture Depressão Deputados Dinheiro Dinheiro recebidos do Exterior Dinossauro Dívidas Dízimo Documentos roubados Economia Egito ENEM Esgoto Evangelhos Gnósticos Febre Amarela FGTS FMI Formaleído. Ar Fosfoetanolamina Fundo de Índice (ETF) Fundo de Investimento Imobiliário Fundo Partidário Futebol Futurismo Game of Thrones Garantia Gorduras Horário de Verão ICMS Imóveis Impeachment Imposto Imposto de Renda 2015 Inflação Inovação Inseto Intercambialidade Intoxicação alimentar Investimento IRPF Jesus Judeus Judeus Sefarditas LCA LCI Lei Leite Livro de Reto Lua Marte Medicamento de Referência Medicamentos Controlados Medicamentos Similares Messias Multas de Trânsitos Nasa Natureza Nefilins Novo Testamento ONU Ouro PASEP PIB Pirâmides PIS PIS 2014 PIS 2015 Pokémon Go Política Poluição Poupança Produtos controlados Programa Farmácia Popular do Brasil Queijo Refrigerante Registro de Imóvel Religião RMNRA RMNRB2 Sábado Salário mínimo Saúde Sedentarismo Seguro-Desemprego 2015 Serviços Gratuitos SNGPC Sol Tecnologia Teorias Terra Terra Plana Tesouro Direto (Títulos Públicos Federais) TPM Trabalho Transtorno Bipolar Tricloroetileno Tubarão Branco Turismo Usiminas Veículos Viagem Visto Xileno