segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

O que é feito com o dinheiro que depositamos na Poupança e FGTS

A caderneta de poupança é um dos investimentos mais tradicional e conservador do Brasil. Existe há mais de 140 anos. 

É um investimento conservador, pois seus rendimentos não são tão vultosos, mas não tem grandes riscos, o aporte inicial exigido é baixo, o que a torna acessível à população de baixa renda.

O investimento é de baixo risco e, naturalmente, de baixo retorno. Na verdade, o risco é zero se o valor da aplicação não ultrapassar R$ 250 mil (até este limite, seu dinheiro é segurado pelo Fundo Garantidor de Crédito - FGC).

A remuneração dos depósitos de poupança é composta de duas parcelas:

I - a remuneração básica, dada pela Taxa Referencial - TR, e
II - a remuneração adicional, correspondente a:
a) 0,5% ao mês, enquanto a meta da taxa Selic ao ano for superior a 8,5%; ou
b) 70% da meta da taxa Selic ao ano, mensalizada, vigente na data de início do período de rendimento, enquanto a meta da taxa Selic ao ano for igual ou inferior a 8,5%.

FGTS

Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela CLT e, também, trabalhadores rurais, temporários, avulsos, safreiros e atletas profissionais têm direito ao FGTS. O diretor não-empregado e o empregado doméstico podem ser incluídos no sistema FGTS, a critério do empregador.

Todo mês é depositado na conta do trabalhador equivalentes a 8,0% do salário pago ao empregado, acrescido de atualização monetária e juros. O rendimento do FGTS é de 3% mais a Taxa Referencial (TR)

O que é Feito com o Dinheiro ?

Milhares de poupadores não sacam o dinheiro da poupança, então os recursos são utilizados pelo SFH (Sistema Financeiro da Habitação), composto por bancos que captam essa modalidade de aplicação financeira, na oferta de crédito imobiliário (Financiamento Minha Casa Minha Vida).

O SFH dispõe, ainda, como fonte adicional de recursos, da arrecadação da poupança compulsória, proveniente dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O Fundo de Investimento FGTS - FI-FGTS, direciona os recursos para segmentos da infra-estrutura, como a construção, a reforma, a ampliação ou a implantação de empreendimentos de infra-estrutura em rodovias, portos, hidrovias, ferrovias, obras de energia e de saneamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Marcadores

1 milhão na conta Ações Ações ON Ações PN Adsense África Agrotóxico Alergia Alienígenas Alimentação Alimentos Amoníaco Antigo Testamento Anvisa Aposentadoria Arrebatamento Auxílio a Lista Batata Benzeno Bíblia Bitcoins BMPO Brasil Canabidiol Capitalismo Carmim de cochonilla Carne Carros CDB CDI Cemig Certidões Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Construção Conta de Água Conta de Luz CPMF Crise Econômica Cristão Debênture Depressão Deputados Dinheiro Dinheiro recebidos do Exterior Dinossauro Dívidas Dízimo Documentos roubados Economia Egito ENEM Esgoto Evangelhos Gnósticos Febre Amarela FGTS FMI Formaleído. Ar Fosfoetanolamina Fundo de Índice (ETF) Fundo de Investimento Imobiliário Fundo Partidário Futebol Futurismo Game of Thrones Garantia Gorduras Horário de Verão ICMS Imóveis Impeachment Imposto Imposto de Renda 2015 Inflação Inovação Inseto Intercambialidade Intoxicação alimentar Investimento IRPF Jesus Judeus Judeus Sefarditas LCA LCI Lei Leite Livro de Reto Lua Marte Medicamento de Referência Medicamentos Controlados Medicamentos Similares Messias Multas de Trânsitos Nasa Natureza Nefilins Novo Testamento ONU Ouro PASEP PIB Pirâmides PIS PIS 2014 PIS 2015 Pokémon Go Política Poluição Poupança Produtos controlados Programa Farmácia Popular do Brasil Queijo Refrigerante Registro de Imóvel Religião RMNRA RMNRB2 Sábado Salário mínimo Saúde Sedentarismo Seguro-Desemprego 2015 Serviços Gratuitos SNGPC Sol Tecnologia Teorias Terra Terra Plana Tesouro Direto (Títulos Públicos Federais) TPM Trabalho Transtorno Bipolar Tricloroetileno Tubarão Branco Turismo Usiminas Veículos Viagem Visto Xileno